PHP5 e MS SQL Server – Configurando Acesso via ODBC no Debian 5 – “Lenny”

A partir da nova versão do Debian, já é possível configurar o acesso ao MS SQL Server sem a necessidade de compilar pacotes do PHP para tal, basta usar o “FreeTDS” que já está disponível no próprio repositório apt.

Para começar, vamos instalar o FreeTDS e esteja ciente de fazer todos os comandos como root:

apt-get install tdsodbc unixodbc php5-odbc freetds-dev php5-sybase

Instalado os pacotes, vamos criar o arquivo de template DSN:

vim /etc/freetds/tds.driver.template

Adicione o seguinte conteúdo ao arquivo:

[TDS]
Description = FreeTDS MSSQL Driver for Linux Debian 5 – “Lenny”
Driver = /usr/lib/odbc/libtdsodbc.so
Setup = /usr/lib/odbc/libtdsS.so

Feito o passo acima, vamos registrar o ODBC no sistema.

odbcinst -i -d -f /etc/freetds/tds.driver.template

Agora, vamos registrar a base que será acessada pelo ODBC.
Lembrando que, cada base necessita de um ODBC diferente, então, se você possuir mais de uma, siga repetindo os comandos.
Crie o arquivo:

vim /etc/freetds/tds.dsn.template

Com o seguinte conteúdo:

[DSN]
Description     = Teste de ODBC – FreeTDS
Driver          = TDS
Trace           = No
Database        = EIRAS
Server          = 192.168.100.50
Port            = 1433
Lembre de mudar o nome “DSN” acima. Esse nome será usado na aplicação para identificar o ODBC. Geralmente, ele possui o mesmo nome da base de dados. (database)
Ok, os arquivo estão prontos.
Vamos registrar os ODB’s e DSN’s no Linux:
odbcinst -i -d -f /etc/freetds/tds.driver.template
odbcinst -i -s -f /etc/freetds/tds.dsn.template
Os ODBC’s são registrados para os usuários que os criam (no nosso caso, o root), mas no caso, iremos deixar o registro para uso do sistema, pois será usado pelo apache. Então, iremos copiar o conteúdo para o arquivo de acesso global.
cat /root/.odbc.ini >> /etc/odbc.ini
A partir de agora, iremos fazer o apache reconhecer o ODBC que foi criado. Abra o arquivo abaixo e adicione a linha:
vim  /etc/php5/apache2/php.ini
  • extension = odbc.so
Reinicie o Apache:
/etc/init.d/apache2 restart
Pronto, a partir de agora seu ODBC deverá funcionar via PHP. Para testar o acesso via console, faça o comando:
isql -v DSN sa senha
[]’s!
    • Rodrigo
    • November 11th, 2010 11:48am

    TESTE!

  1. No trackbacks yet.

CAPTCHA Image
*

 
  • Twitter
  • Facebook
  • LinkedIn
  • Flickr
  • Panoramio